• marketing47547

Os desafios da pandemia: Muito além do covid-19!

Certamente este dia 7 não será de comemoração. São muitos os desafios a serem vencidos no Brasil, olhando pela perspectiva da vigilância sanitária frente a pandemia do Covid.

Diagnóstico tardio, subnotificação de casos, dificuldade de acesso e desassistência estão entre os problemas encontrados por pacientes de doenças crônicas, desde o início da pandemia no Brasil.


Resumir em poucas linhas o que o Brasil e o mundo têm “experimentado” não é o que eu gostaria de falar num dia que em geral se comemora a SAÚDE, mas é forçoso trazer este assunto à tona.


Uma pesquisa realizada pelas OPAS, em conjunto com a OMS, aponta que os serviços de prevenção e tratamento das condições crônicas estão sendo seriamente afetados na região das Américas. A pesquisa virtual, respondida por 158 países, realizada em maio de 2020, já apontava o impacto global na interrupção de serviços de saúde de rotina e a ameaça à qualidade de vida e saúde das pessoas portadoras de doenças crônicas. De lá para cá, já se passaram 10 meses e a situação pandêmica persiste em nosso país.

Ao que tudo indica os problemas causados pela pandemia do novo coronavírus não devem acabar com a vacinação em massa da população... Hospitais lotados, procedimentos eletivos cancelados, consultas adiadas, tratamentos interrompidos e diagnósticos, que deveriam ser precoces, postergados. A sobrecarga dos profissionais e serviços de saúde pós covid se dará pelo agravamento das condições de saúde da população. Entidades médicas fazem a triste projeção de que 2021 será o ano com o maior número de mortes evitáveis por complicações das doenças crônicas, que deixaram de ser diagnosticadas e acompanhadas de forma adequada neste período.

E já que o cenário é este, a pergunta é: “Como nos preparar para o cenário pós pandêmico?”

Durante todo este período de pandemia ficou evidente, tanto para o setor público quanto para o privado, a necessidade de investir na gestão adequada do sistema. Para que o impacto da demanda reprimida seja absorvido de forma ordenada, novas ferramentas de gestão, investimentos robustos em diferentes formas de acesso e o fortalecimento do sistema precisam ser realizados.

Ao que tudo indica, o cenário de saúde futuro ainda será de muito trabalho e levaremos alguns anos para contornar todo o impacto causado por esta pandemia que vai além do covid.

Que possamos usar este dia 7 de Abril como uma reafirmação do compromisso e responsabilidade de cada cidadão e de cada autoridade política quanto ao que temos visto e também pelo o quanto de participação, esforço e vontade exigirá de todos.

Juntos, conseguiremos!

Enfa. Monique Boese.


181 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo