© 2018 por Missner :: Melhor Produto Sempre.

BR-470, Km 54,6, 2870 - Salto Norte, Blumenau - SC, 89065-800

  • projetosmkt

Alergia ao látex: sintomas e cuidados


O látex (borracha) entra na composição de múltiplos produtos, incluindo materiais de uso médico, como: luvas, cateteres, esparadrapos, máscaras, drenos, sondas, garrotes, entre outros, e de uso cotidiano, como: preservativos, bolas, balões, toucas, brinquedos, chuchas, tetinas etc.


Os sintomas de alergia ao látex podem variar desde reação alérgica local (urticária de contato), rinite (espirros, prurido nasal, corrimento), conjuntivite (prurido, vermelhidão, lacrimejo), asma (dispneia, pieira e tosse), até episódios de reação alérgica grave ou choque anafilático.


“Nesse momento, é preciso interromper o uso de qualquer objeto contendo látex imediatamente”, explica a enfermeira Jeane Bronzatti, do Centro Cirúrgico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que indica ainda consulta posterior com um médico alergista ou dermatologista.


O que torna a vida do paciente alérgico ao látex mais complicada é que 30 a 40% destes também apresentam reações cruzadas com alimentos, como as frutas e legumes, e os polens, devido a similaridade entre estes vegetais. Pessoas que já possuem alergias aos alimentos e polens também têm maior chance de desenvolver alergia ao látex.


Recentemente, o Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia (ACAAI) classificou a alergia ao látex como problema de saúde pública e uma doença ocupacional. Devido a crescente incidência desse tipo de sensibilidade, a indústria já vem criando alternativas ao látex, como vinil, silicone, algodão, nitrile e poliisopreno sintético (presente na alternativa para luvas, camisinhas, entre outros produtos), fazendo crescer o mercado do látex-free. Nos Estados Unidos e em diversos países europeus o látex vem sendo retirado progressivamente do ambiente hospitalar.


O melhor manejo da alergia ao látex é a prevenção. Pacientes que sabidamente terão que realizar múltiplas cirurgias, deverão realizá-las em salas cirúrgicas látex-free. O mesmo ocorre com os pacientes alérgicos que devem evitar todos os produtos que contenham látex. Em casos específicos, como na alergia ocupacional dos profissionais da saúde, pode se tentar a dessensibilização (“perda da sensibilidade”), procedimento que tem que ser realizado por alergista.


A Missner é uma das únicas empresas no Brasil que possui um esparadrapo Hipoalérgico, isento de látex. Impermeável, com acabamento suave e ideal para pessoas com pele sensível, porém que precisam de uma alta fixação de curativos primários. Fale com nossos especialistas.

Entre em contato conosco.

(11) 93017-4675

(11) 95153-8447 (WhatsApp)

67 visualizações
  • linkedin 2
  • Facebook
  • YouTube